segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Multa ou Roubo??

Hoje fiquei chateada...........Maldita crise financeira, que faz com que sobre sempre para o elo mais fraco, agora sobrou para mim. Passo a partilhar o meu mau momento.
Confesso que sou conhecida por ter o pé pesado, mas certo é que até hoje nunca apanhei multas de excesso de velocidade em lazer e sim em trabalho, o que só prova que acelero por necessidade:
No ano passado fui multada em Vila Real por excesso de velocidade, fui caça no radar a 75 Kms hora quando a velocidade permitida no local era de 50 Kms. Paguei na hora a multa de 120€, ficando a aguardar pela sanção, visto já ser reincidente, porque em 2006 apanhei também uma multa de excesso de velocidade, já esperava que a sanção fosse de inibição de conduzir por um ou dois meses.
Relembro que sou comercial, por isso conduzo todos os dias em média 200 Kms por dia.
Sexta feira ao final do dia tinha então um postal para levantar nos correios uma carta dos Serviços da Administração Interna, percebi logo que vinha ali a sanção.
Hoje fui levantar a carta, fiquei possuída, acho um abuso, senti-me roubada descaradamente.
A minha sanção por ser reincidente foi opcional, ou seja posso escolher entre:
Dois meses sem carta.
Ou
Fazer um curso de velocidade (para aprender a não carregar no acelerador). Duração do curso, 2 sábados seguidos, com 1h para almoço e o custo desse mesmo curso (pago por mim) tem o valor (simbólico) de 175€.
Ora meus amigos como é óbvio preciso da carta para trabalhar, por isso fiquei-me pela opção 2, o que me irritou solenemente foi a prepotência da proposta, porque como é óbvio qualquer pessoa que precise da carta e não queira andar a fugir á policia optaria pela 2, o que me incomodou foi o ter de pagar o dito curso, porque se me propõem o curso, considerando que o meu problema é não saber tirar o pé do acelerador e se eu já paguei a multa, não seria suposto o curso ser a custo 0€, não acham que já é sanção suficiente eu ter de me privar de 2 sábados seguidos da família e do descanso que bem mereço.
Sabem o que é isto é o Estado precisar de dinheiro nos cofres e então pago o zé povinho, porque precisa de trabalhar. .
Lamentável já nem somos roubados com elegância é mesmo á descarada.
Bom Carnaval e cuidado com as multas em tempos de crise tudo dá direito a multa.

6 comentários:

paulofski disse...

Nem sei que te diga. Mesmo sabendo que eu próprio excedo os limites de velocidade muitas vezes, lembro que mais vale prevenir do que arriscar a multa. Não sabia que agora proporcionavam "alternativa" à retenção da carta por reincidência, no entanto é por demais evidente a intenção de proporcionar novos negócios à custa de quem precisa da carta de condução para trabalhar, retirando assim um proveito descarado, ou seja roubar o cidadão mais uma vez.

inês disse...

como tu dizes no teu post anterior "Quem me dera ser pobre por um dia, é que estou cheio de ser pobre todos os dias."

beijo miuda gira

joana disse...

Eu por acaso tambem tenho um bocado o pé pesado,mas até agora nunca tive multas sorte.
Realmente é uma situação caricata,eu acho que eles propoem que se vá ter duas lições seja lá do que for só mesmo para engordar os cofres infelizmente.
Beijinhos

liamaral disse...

Eu nem vou comentar! Há-de chegar o meu dia!
:) Beijinho

fj disse...

confesso q desconhecia essa do curso...do mal ou menos.
Vale mais fazer o curso.
:))
bjinhos

Lady643 disse...

humm.. tbm sou pé pesado.. porém nunca recebi multa..
o.O

gostei do seu blog.
Prazer!
Lady643.

bjo'S...